15 de jul de 2017

Sua Mente é Flexível ?

Muitos de nós hoje estão interessados em manter nossos corpos flexíveis e adequados, mas quantos de nós estão interessados em desenvolver a neuroplasticidade ?

O que significa ter uma mente flexível? O que é neuroplasticidade? Observe sua própria mente por alguns minutos. O que você acha? Sua mente é flexível e aberta, ou está cheia de pensamentos e presa nos padrões e hábitos da vida cotidiana ?
A flexibilidade está em toda parte na natureza. É a mesma qualidade, seja ela encontrada em uma planta, um edifício, um corpo humano ou na mente humana. A flexibilidade é a capacidade de se adaptar, estar disposto a mudar, se abrir, dobrar e responder com sensibilidade. É o oposto da rigidez. Uma mente rígida é cheia de hábitos fixos e opiniões fortes sobre o que é certo e errado, bom e ruim, inteligente e estúpido, justo e injusto, etc. Uma mente flexível está aberta a novas maneiras de ver o mundo. Não é prejudicada pelos padrões impostos pela sociedade.
As tradições espirituais valorizam a flexibilidade mental para o nosso bem-estar e evolução. Não é difícil entender, porque é através da mente que observamos a vida focada no coração. A jornada espiritual do coração é cheia de maravilhas, levando-nos a um vasto universo interior. Não existe espaço para a rigidez ao se aventurar no desconhecido !

Neuroplasticidade e Vazio

No zen budismo, ele se chama shoshin, mente original ou mente do iniciante. O mestre Zen Shunryu Suzuki diz: “Se sua mente está vazia, está sempre pronta para qualquer coisa. Está aberta a tudo. Na mente do iniciante, existem muitas possibilidades, mas no perito existem poucas”. Ele também diz: “Pessoas que conhecem o estado do vazio sempre serão capazes de dissolver seus problemas pela constância”.
O que é constância ? Talvez seja a habilidade de aceitar alegremente as coisas como são, com uma mente suave e aberta. É também essa base inalterável e imutável de fluidez. Suzuki também diz: “É a disponibilidade da mente que é sabedoria… A sabedoria não é algo para se aprender. A sabedoria é algo que surge de sua atenção plena. Então, o objetivo é estar pronto para observar as coisas e estar pronto para pensar. Isso é chamado de vazio de sua mente”.
Os xamãs mexicanos entendem o mesmo princípio. Eles tentam desligar a conversa interna, a conversa interna incansável da mente. Carlos Castaneda escreve:
“Nós conversamos incessantemente sobre o nosso mundo. Na verdade, mantemos o nosso mundo com a nossa conversa interna. E sempre que terminamos de nos falar sobre nós mesmos e nosso mundo, o mundo é sempre como deveria ser. Nós o renovamos, o reavivamos com a vida, nós o defendemos com nossa conversa interna. Não só isso, mas também escolhemos nossos caminhos enquanto conversamos com nós mesmos. Assim, repetimos as mesmas escolhas repetidas vezes até o dia em que morremos, porque continuamos repetindo a mesma conversa interna repetidamente até o dia em que morremos. Um guerreiro está ciente disso e se esforça para parar sua conversa interna”.

O Que Impede a Neuroplasticidade ?

Nós limpamos nossa casa, nosso carro, nossas roupas e nosso corpo, para que eles não se tornem mais e mais sujos. Imagine uma casa em que uma família tenha vivido por trinta anos e nunca tenha sido limpa ! No entanto, quantos de nós limpam a mente ? Retiramos os padrões mentais que acumulamos através dos nossos sentidos, nossas emoções, nossas reações e atitudes em relação ao mundo ?
Imagine todas as experiências e emoções passadas que se acumularam ao longo de nossas vidas. À medida que se acumulam, formam padrões, nos tornamos cada vez mais rígidos e inflexíveis. É difícil mudar a menos que nos esforcemos para remover este entulho.
Quando nascemos somos inocentes, abertos e flexíveis. Como bebês, somos como a tela limpa e pintada de um pintor, cheia de potencial. Parthasarathi Rajagopalachari diz: “Observando as crianças pequenas crescendo ao meu redor, não tenho nada além de admiração e uma sensação de tremenda gratidão pela incrível rapidez com que elas descartam memórias de pessoas, lugares e coisas”. Ele também diz: “Para mim, a espiritualidade não é mais do que tornar-se como uma criança, porque o ego é o que está associado a tornar-se adulto”.
“Se a mente está vazia, está sempre pronta para qualquer coisa; Está aberta para tudo.
Na mente do iniciante, existem muitas possibilidades, mas no perito existem poucas”.

Ele descreve esta abertura e flexibilidade da mente como sendo “a maravilha aos olhos de uma criança, tudo o que ela vê é maravilhoso. É maravilhoso as coisas que vemos, ou na forma como olhamos as coisas ?”
A maravilha é a forma como os yogis sempre observaram o mundo e desenvolveram sua filosofia de vida, com base na experiência prática.
À medida que crescemos, aprendemos valores da nossa sociedade e da nossa família. Aprendemos o que é “certo e errado”. À medida que a infância se transforma em idade adulta, nos tornamos cada vez mais arraigados ao nosso caminho, criaturas de hábito. Quando somos confrontados com novas situações, resistimos à mudança. Quando encontramos alguém que é diferente de nós, reagimos com preconceito ou discriminação. Pensamos que estamos certos e os outros estão errados, ou que somos melhores do que eles. Não somos flexíveis e abertos, a menos que façamos algo para reverter a acumulação de hábitos limitantes.
©Elizabeth Denley
Tradução e Divulgação: A Luz é Invencível ☼

Pesquise no Site por Assunto

AS 10 MAIS DO MÊS