18 de dez de 2016

Ramatis: em defesa dos Animais.

Extraído do livro FISIOLOGIA DA ALMA de Hercílio Maes.

Editora Conhecimento. (psicografado em 1959)“Mas não conseguirá ludibriar a lei expiatória; em breve, novas condições enfermiças se farão visíveis entre os insaciáveis carnívoros protegidos pela “profilaxia” dos antibióticos.

De modo algum pode ele alegar a ignorância dessa lei, quando a galinha é torcida em seu pescoço e o boi traumatizado no choque da nuca; quando o porco e o carneiro tombam com a garganta dilacerada; quando a malvadez humana ferve os crustáceos vivos, embebeda o peru para “amaciar a carne” ou então satura o suíno de sal para melhorar o chouriço feito de sangue coagulado.”

“Os fujões pseudamente piedosos não passam, aliás, de vulgares cooperadores das mesmas cenas tétricas do sacrifício do animal; o consumidor de carne também não passa de um acionista e incentivador da proliferação de açougues, charqueadas, matadouros e frigoríficos. O que não matam animais ou aves, por piedade, mas digerem jubilosamente os seus despojos, tornam-se co-participantes do ato de matar, embora o façam à distância do local do sacrifício; são, na realidade, cooperadores anônimos da indústria de carnes, visto que incentivam o dinamismo fúnebre dos matadouros e do trucidamento injusto daqueles que Deus também criou para a ASCENSÃO ESPIRITUAL.”

 “O animal possui o “duplo-astral”, que é revestido de magnetismo astral; esse veículo etéreo-astral sobrevive à dissolução do corpo físico e serve de “matriz” para que, no futuro, o animal se integre novamente na sua espécie particular”. Quando o suíno é sacrificado, a sua carne reflui sob o impacto violento, febricitante e dolorosa da morte; o choque que lhe extingue a existência, ainda plena de vitalidade física, também exarcerba-lhe o duplo-etéreo astral, e que está sob o comando geral do espírito-grupo.

“Rapidamente, os suínos são empurrados, em fila, pelo interior dos canos polidos e deslizam velozmente, em grotescas e divertidas oscilações, para mergulharem, vivos, de súbito, nos tanques de água fervente, a fim de se ajustarem à técnica e à sabedoria científica modernas, que assim favorecem a produção do “melhor” presunto da moda!”.




Essa matança prematura, que interrompe se súbito a corrente vital energética, irrita furiosamente as forças de todos os planos interpenetrantes no animal; os demais veículos se sontraem e se confrangem, ao mesmo tempo, atritando-se num turbilhão de energias contraditórias e violentas, que se libertam como verdadeiros explosivos etéricos. Há completa “coagulação físico-astral”; o sangue, que é a linfa da vida e o portador dos elementos mais poderosos do mundo invisível, estagna em seu seio o “quantum” de energia inferior do mundo astral e que o próprio porco carreia para o seu corpo físico.”

 “Um dia, mesmo por aqueles que constroem os tétricos frigoríficos e os matadouros de equipo avançado, mas que não se livrarão de retornar a Terra, para cumprir em si mesmo o resgate das torpezas e das perturbações infligidos ao ciclo evolutivo dos animais. Expomos-vos aquilo que deve ser meditado e avaliado com urgência, porque os tempos são chegados e não há subversão no mecanismo sideral.”

E OS ANIMAIS NÃO TÊM SENTIMENTO? NÃO TÊM INTELIGÊNCIA?

 “Aqui, a designação “dobradinha à moda da casa” apenas disfarça o repulsivo ensopado de estômago de boi; ali, os sugestivos “miúdos à milanesa” são apenas retalhos de vesículas e fígado, traindo o sabor amargo da bílis animal; e a “feijoada completa” é apenas um nauseante charco de detritos cozidos na imundície do chouriço denegrido, dos pés, películas e retalhos arrepiantes do porco, que ainda se misturam à uréia da banha gordurosa!”

“Aconselhamos gradativamente adaptações do regime da carne de suíno para o de boi para o de ave e do de ave para o de peixes e mariscos".

"Muitas almas decididas, que já comandam o seu corpo físico e o submetem à vontade da consciência espiritual. É reconhecendo a debilidade da alma humana para as libertações súbitas, e preparando-vos psiquicamente para repudiardes a carne, que temos procurado influenciar o mecanismo do vosso apetite, dando-vos conselhos cruamente e de modo ostensivo, de modo a que mais facilmente vos liberteis dos exóticos desejos de assados e cozidos, que, na realidade, não passam de rebotalhos e cadáveres que vos devem inspirar náuseas e aversão digestivas.”

 “Aqui, mórbidos industriais criam milhões de gansos sob o regime específico, desenvolvendo-lhes o fígado de tal modo, que as aves se arrastam pelo solo em macabros movimentos claudicantes, a fim de que a indústria do “patê de Foie-gras” obtenha substância mais rica para o enlatamento moderno”

 “O progresso econômico à base da indústria da morte, no fabrico do presunto enlatado, do “patê de foi-gras”, que é pasta de fígado hipertrofiado de ganso ou galinha, dos cozidos de vísceras saturadas de uréia do boi pacífico, não consta dos planos siderais para atender às necessidades do mundo no terceiro milênio!”
 “No entanto, o que não mata, por piedade ou receio de remorso, mas devora gostosamente a carne do animal ou da ave, trucidados por outros, age manhosamente perante Deus e a sua própria consciência. A piedade à distância não identifica o caráter bondoso, pois muita gente foge aflita, quando o cutelo fere o infeliz animal, mas retorna satisfeita logo que a panela para de ferver e as vísceras se apresentam apetitosas.

As criaturas que matam a ave ou o animal no fundo do quintal, ou que obtêm o seu salário no trabalho dos matadouros, podem ser almas primitivas, que não avaliam o grau de sua responsabilidade espiritual junto à coletividade do mundo físico.”

 “Quantas vezes, enquanto o cabrito doméstico lambe as mãos do seu senhor, a quem se afinizara inocentemente, recebe o infeliz animal a facada traiçoeira nas entranhas, apenas porque é véspera do Natal de Jesus! A vaca se lamenta e lambe o local onde matam o seu bezerro; o cordeiro chora na ocasião de morrer!”

 “A ausência de carne no organismo livra-o do excesso de toxinas; na desencarnação, a alma se liberta, assim, de um corpo menos denso e menos intoxicado de albumina e uréia, que provocam sempre o abaixamento das vibrações do corpo etérico.

Louvamos incondicionalmente o homem evangelizado, ainda que carnívoro, mas o advertimos de que, enquanto mantiver no ventre um cemitério, há de ser sempre um escravo preso à roda das reencarnações retificadoras, até acertar as suas contas cármicas com a espécie animal!”

 “É a terapêutica do jejum o processo que melhor auxilia o espírito a drenar as substâncias tóxicas que provêm do astral inferior pois, devido ao descanso digestivo, eliminam-se os fluidos perniciosos. O jejum aquieta a alma e a libera em direção ao mundo etéreo; auxilia a descarga das toxinas do astral inferior, que se situam na aura humana dos “civilizados.

Jesus, a fim de não reduzir o seu contato com o Alto, ante o assédio tenaz e vigoroso das forças das trevas, mantinha a sua mente límpida e a governava com absoluta segurança graças aos longos jejuns, em que eliminava todos os resíduos astrais, perturbadores dos veículos intermediários entre o plano espiritual e o físico.”

 “Sob a lei de atração e correspondências vibratória nos mesmos planos, a carne digerida no estômago, incorpora-se, então, ao corpo etéreo-astral do homem e abaixa as vibrações de sua aura, colocando-se à delicada fisiologia etérica invisível. Desse modo, dificulta-se o processo normas de assistência espiritual daqui, pois os Espíritos Guias já não conseguem atravessar a barreira viscosa do baixo magnetismo, a fim de formularem a intuição orientadora aos seus pupilos carnívoros. A aura se apresenta suja das emanações do astral inferior e ofuscando, que se exsuda da carne do suíno. É a excessiva carga astral que lhes interpenetra o períspirito e transforma a configuração humana, fazendo transparecer os contornos do tipo animal inferior.”

 “Sabeis que Francisco de Assis (Ramatis e Mestre Kuthumi) discursava aos lobos e estes o ouviam como se fossem inofensivos cordeiros; Jesus estendia sua mão abençoada, e as cobras mais ferozes se aquietavam em doce enleio. Inúmeras criaturas gabam-se de nunca haverem sido mordidas por abelhas, insetos daninhos, cães, ou cobras. Geralmente são pessoas vegetarianas, que assim mantêm integralmente vivo o amor pelos animais.”

 “O devorador de animais, por mais evangelizado que seja, ainda é um perturbador da ordem espiritual na matéria; justifique-se como quiser, mas a persistência em nutrir-se com despojos animais prova que NÃO SE ADAPTOU AINDA, de modo completo, aos verdadeiros objetivos do Criador.”

“Quantas vezes o teimoso se submete a rigorosa abstinência de carne, devido à úlcera gástrica que surge para obrigá-lo a se ajustar a uma nutrição mais sadia!

Reparai como se tornam atualmente mais dificultosa as aquisições de carne por parte dos pobres, que se veem obrigados, por isso, a recorrer a outras fontes de alimentação. Ignorais que, à medida que aumenta a dificuldade para o homem ingerir carne, atrofia-se o mecanismo psíquico do desejo carnívoro, que pouco a pouco vai desaparecendo com a abstinência compulsória”

“Em vista do aumento constante dos indivíduos hiperproteinizados, cujos cadáveres povoam os cemitérios, em consequência de síncopes, enfartes e derrames cerebrais, em breve ouvireis o grito alarmante da vossa ciência médica: evitem a carne de porco!”

 “Mesmo que não sejais absolutamente vegetarianos, e vos alimenteis de peixes, crustáceos ou mariscos, já revelareis grande progresso no domínio ao desejo doentio da zoologia. Não vos aconselhamos a desistência violenta do uso da carne, se ainda não sois dotados de vontade poderosa que vos permita a mudança radical de regime; podeis eliminar, primeiramente, o uso da carne dos animais, em seguida a das aves, e depois vos manterdes com a alimentação de peixe e congêneres, até que naturalmente o vosso organismo se adapte à alimentação exclusiva de vegetais e frutas.”

“Muitos saberão tecer comentários ardilosos e sugestivos, para chegarem a conclusões que justifiquem a sua nutrição bárbara, considerando a sua escravidão mental ao desejo impuro como sendo imposição natural da vida humana.”

“Aqueles que procuram um alto nível de espiritualidade saberão compreender que a carne é prejudicial ao organismo físico, porque este lhe absorve as toxinas ureias, com o que fica violentada a tessitura delicada do veículo astral, onde se gravam as emoções da alma.”

“A boa mastigação é fundamental para a boa saúde, absorvendo todo o energismo ou o “prana” desprendido em uma mastigação demorada e cuidadosa, sem dúvida também teriam mais saúde e também seriam mais vigorosos; e está ainda seria mais prolongada se o homem não regasse os alimentos com os molhos picantes, mostarda, pimenta, “pickles” e demais excitantes que atacam os rins e o fígado.

”O vosso sistema de nutrição é um desvio psíquico. Estamos certos de que o Comando Sideral está empregando todos os seus esforços a fim de que o terrícola se afaste, pouco a pouco, da repugnante preferência zoofágica.”

“À medida que a alma progride, é necessário, também, que o vestuário de carne se lhe harmonize ao progresso espiritual já alcançado".

Mas importa reconhecerdes que já ultrapassais os prazos espirituais demarcados para a continuidade suportável dessa alimentação mórbida e cruel. E será um delinquente perante a Lei de Deus se, depois dessa consciência desperta, ainda persistir no erro que já condenado no subjetivismo da alma e que desmente um Ideal Superior!



Extraído do livro FISIOLOGIA DA ALMA de Hercílio Maes
Editora Conhecimento.
(psicografado em 1959)http://edconhecimento.com.br/?livros=fisiologia-da-alma

©2016 Solange Christtine Ventura http://www.curaeascesao.com.br

Obrigado por incluir o link do website quando compartilhar esta Mensagem com outros.

Pesquise no Site por Assunto

Sugestões de Pesquisa

Alienígenas, Animais, Arcanjos, Astral, Auto Ajuda, Câncer, Carma, Cachorros, Cérebro, Chama Violeta, Ciência, Cientistas, Cinema, Civilização, Compras, Contato, Crenças, Curas, Engenharia, Ensino, Esoterismo, ETs, Filmes, Gatos, Governo Oculto, História, Jornais, Lar, Livros, Medicina, Médicos, Museus, Musicas, Noticias, Neolinguística, Neurologia, OVNIs, Porto Alegre, Profecias, Psicólogos, Psiquiátria, Rádios, Religiões, Revistas, Saúde, Serviços, Tempo Tesla, TV Séries, Viagem, Viagem no Tempo, Viagem Astral.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AS 10 MAIS DO MÊS

Colunistas